Bem-vindo ao fórum das grandes máquinas.Boas transalpadas!

Noticia do Expresso - Edição On-Line

Compartilhe
avatar
Pedro Marques Alves
5ª a Fundo
5ª a Fundo

Número de Mensagens : 647
Masculino
Idade : 54
Data de inscrição : 11/05/2008

A Mota
Marca Mota: Honda
Modelo Mota/ano: XL600V
Kms:

Noticia do Expresso - Edição On-Line

Mensagem  Pedro Marques Alves em Sab 22 Nov 2008, 18:10

Boas

Saiu hoje - 2 Nov 08 - esta noticia no Expresso - edição on-line:


Porto, 22

Nov (Lusa) - Uma dúzia de motards do Porto associou-se hoje ao lançamento de uma campanha da União das Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) contra a violência doméstica, que visa conseguir que homens se solidarizem com as vítimas deste crime.

O lançamento da campanha "Eu não sou cúmplice" teve início cerca das 15:00, na Rua do Paraíso, Porto, de onde saiu uma caravana composta pelas motos e alguns automóveis.

"A ideia é passar por cinco sítios onde mulheres foram assassinadas, fazendo-lhes uma homenagem", afirmou, em declarações à Lusa, Maria José Magalhães, da UMAR.

São Roque da Lameira, Ermesinde, Jovim, Valongo e Nogueira da Maia são os locais escolhidos para o percurso.

De acordo com a UMAR, 2008 tem sido um ano negro de violência doméstica no país.

"Homicídios e tentativas e homicídio ultrapassam os números dos últimos cinco anos", refere a associação, que salienta que o Porto foi o distrito onde mais mulheres foram este ano vítimas de homicídio (17), seguido de Lisboa (13).

Os dados da UMAR, entre o início do ano e a última terça-feira (dia 18 , apontam para a morte de 43 mulheres vítima de violência de género, nas relações de intimidade, às mãos dos maridos, companheiros, namorados, ex-maridos, ex-companheiros e ex-namorados.

"É necessária uma resposta mais consistente", defendeu Maria José Magalhães, para quem "a sociedade deve dar as mãos" para que as vítimas de violência doméstica consigam prosseguir a sua vida depois de abandonarem a sua casa e fugirem do agressor.

Babiana Ferraz, de 44 anos e mãe de dois filhos, era hoje uma motard empenhada em mostrar a sua "abominação" pela violência doméstica.

Decidiu, juntamente com os restantes membros do seu agregado familiar, participar nesta iniciativa, sendo que de sua casa saíram da garagem três Harley-Davidson (a dela, a do marido e a do filho).

Sérgio Miranda, de 39 anos, participou nesta caravana com a sua Honda, que tinha presos balões pretos, simbolizando a morte das vítimas da violência doméstica.

Na opinião deste motard, "não é com base na violência que se resolvem as coisas" e a presença de motards nesta luta demonstra também que "não são pessoas más, como por vezes parece".

Sérgio Miranda apontou a "falta de respeito mútuo" como uma das causas da violência, lamentando que "os valores estejam deturpados, o que faz com que, ao mínimo desacato, já se esteja a faltar ao respeito".

JAP.
Lusa/fim

Parabéns pela iniciativa

Abraços

Pedro


=================================================================================================================

Cumprimentos Transalpeanos

Pedro Marques Alves
www.casasdafigueira.com

Pedro Correia
Mota ligada
Mota ligada

Número de Mensagens : 80
Masculino
Idade : 36
Data de inscrição : 01/10/2008

A Mota
Marca Mota: Honda
Modelo Mota/ano: Transalp
Kms:

Re: Noticia do Expresso - Edição On-Line

Mensagem  Pedro Correia em Dom 23 Nov 2008, 02:47

Parabens a quem organizou esta demonstração de respeito por quem não teve o mesmo em vida

    Data/hora atual: Ter 13 Nov 2018, 00:56